O Coleginho

Adaptação Escolar

O início do período escolar é normalmente muito agitado, devido ao fato de muitas crianças estarem entrando na escola pela primeira vez.

Tudo é novo, diferente, atrativo.

É o momento de transição entre o lugar onde a criança sabe se relacionar com todos e um lugar diferente, onde terá que construir novas relações afetivas.

É nesse primeiro aprendizado que poderá ser determinado a facilidade ou a dificuldade com que as crianças vão se adaptar às novas situações ao longo de toda a vida.

Daí a necessidade de se preparar um período de adaptação para essa criança que chega à escola pela primeira vez..

O período de adaptação consiste em dar a criança oportunidades diversas de explorar o meio, conhecendo e adaptando-se a ele, consequentemente, sentindo-se segura.

Esse processo possibilita a criança fazer sua opção de ficar na escola, mesmo que isso represente o afastamento da mãe.

Esta fase de adaptação é muito cansativa para a criança e o vínculo escola/família passa a ser fundamental para se estabelecer um relacionamento saudável e uma adaptação tranquila.

É de vital importância que os pais aprovem a escola com toda sua filosofia (proposta pedagógica) para que esta adaptação ocorra de forma mais tranquila.

Sem esse período de adaptação, este momento tão delicado e importante na vida da criança está sendo negligenciado, podendo assim tirar o prazer das crianças em estar ali junto com outros coleguinhas.

O período de adaptação é de uma hora por dia até que se complete meio período.

É importante observar alguns pontos:

  • Os planos mais eficientes são aqueles em que os horários de permanência da criança na escola durante os primeiros dias de aula são menores;
  • A vinda da criança para a escola deve ser preparada pelos pais;
  • O choro na hora da separação é frequente e nem sempre significa que a criança não queira ficar na escola;
  • Evite comentários sobre a adaptação da criança em sua presença;
  • Cabe à mãe entregar a criança ao educador, colocando-a no chão e incentivando-a a ficar na escola;
  • Nunca saia escondido de seu filho. Despeça-se naturalmente.

Os pais devem respeitar o período de adaptação estabelecido pela escola para que a criança não tenha uma adaptação aparente (a criança fica bem no início, mas posteriormente apresenta resistência em ficar na escola).

Estando atento a estas sugestões, a criança terá maior possibilidade de adaptar-se à escola, criando vínculos afetivos, contribuindo para que possa desenvolver todas as suas potencialidades.